Vegetais

José Horta Manzano

Este blogueiro é do tempo em que, quando havia palavra pra designar a coisa em nossa língua, ninguém se punha a pedir empréstimo além-fronteiras. As traduções eram mais bem elaboradas – inclusive as de receitas de cozinha.

Faz algum tempo que, sob evidente influência do inglês ‘vegetables’, os alimentos que dividíamos em três classes distintas e inconfundíveis – frutas, verduras e legumes – vêm sendo engolidos por uma única palavra: vegetais. Antes, todo o mundo sabia fazer a diferença entre uns e outros. Agora, mesmo quem não souber a diferença entre um pimentão e um ramo de cheiro-verde não precisa mais entrar em pânico. Na hora de escrever, basta tacar tudo na categoria dos vegetais. O problema estará resolvido.

Na hora de preparar, é outra história. Se algum distraído completar o grelhado com alface, escarola ou agrião, tudo queimado na brasa com muita arte, não terá sido por falta de aviso. Afinal, todos são vegetais, não é mesmo?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s